sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Gostaria de agradecer a todos os meus adversários, pois sem eles não saberia o tamanho da força que tenho dentro de mim e o quão longe posso chegar. Agradeço profundamente a todos os meus inimigos, porque sem eles não teria superado tantas barreiras e alcançado a glória. Agradeço de coração a todas aquelas pessoas invejosas, pois sem elas, não saberia reconhecer o valor da minha luta, os meus méritos e a grandeza de meu espírito. Agradeço com todo o respeito àquelas pessoas as quais foram falsas comigo ou me caluniaram, pois sem elas seria fácil me ludibriar com quaisquer declarações errôneas, e difícil descobrir a habilidade que tenho em desvendar os mistérios e as tramóias da mente humana. Quero finalmente agradecer a todas aquelas pessoas que, no decorrer da minha vida, recusaram-me a dar uma mão amiga, uma ajuda ou um auxílio mínimo, pois sem elas, não aprenderia pela dura lição da vida a ser auto-suficiente. Desejo a todos vocês, inclusos em meus agradecimentos, o dobro do que vocês fizeram por mim!