quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Auto-Suficiente

A auto-suficiência é a conquista mais difícil do ser humano. Qerendo ou não, sempre precisamos dos outros para algumas coisas. Vivemos em uma sociedade de dependência, de interdependência. Um precisa do outro para viver. Entretanto, quando nós precisamos de favores de outras pessoas, favores pelos quais nem sempre podemos retribuir de imediato, aí tudo fica muito mais complexo. Ninguém ajuda ninguém a não ser que haja algum benefício por trás. se você tem um amigo, saiba que essa amizade só existe porque um fornece algo ao outro. A partir do momento em que você não tenha mais nada a oferecer, essa amizade se acaba. Mas o pior de tudo é quando você sabe que algumas pessoas poderiam ajudá-lo hoje para que no futuro você pudesse ajudá-las, entretanto essas pessoas se recusam firmemente a descerem de seus tronos de onipotência para estender uma mão amiga a quem precsa delas, pois elas não tem nada de imediato a tirar vantagem. O mundo dá muitas voltas, e algumas pessoas que viraram as costas para mim quando eu precisei delas, irão recolher esses frutos, talvez não pelas minhas mãos, mas pelas mãos da própria vida. Isso parece até um ditado cristão, e pode até ser, mas eu preciso acreditar nisso, preciso acreditar que um dia as maldades das pessoas vão ser punidas da pior forma possível. Eu na verdade não acredito em nada disso que preguei até agora, pois o tempo da virada ainda não chegou e eu ainda não vi ninguém que tenha feito coisas absurdas pagarem por seus crimes de forma justa, mas vou sentar e aguardar, é a única coisa que me resta, a única coisa que pode confortar o meu coração que transborda de ódio pelas injustiças que vejo no mundo. É preciso ser muito guerreiro para estar todos os dias frente a frente com os seus inimigos, com pessoas que querem derrubr voc~e a qualquer preço e troco de nada., simplesmente porqu não gostam de você. Eu entendo a lógica disso da seguinte forma: aquele que poderia me ajudar e se recusa é alguém que não quer ver o meu bem, logo é meu inimigo. E essa ajuda que eu preciso não é dinheiro, não é que trabalhem por mim. A única coisa que eu preciso é que alguém cuide por pouquissimos momentos da pessoa mais importante que tenho na minha vida, o meu filho, para que eu pudesse trabalhar. Mas no final das contas eu acabei resolvendo isso de uma outra forma. No final, tudo tem um jeito. A única coisa que não tem jeito é o ressentimento que sentirei pelo resto dos meus dias por aqueles que viraram as costas para mim. Jamais hei de esquecer.