sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Nada faz sentido...


Época louca, tempo louco, gentes estranhas, palavras bizarras sem som e sem tom, nada parece fazer sentido. Sinto-me atordoada, atormentada pelas memórias de um passado distante, talvez um passado tão remoto que eu ainda nem tivera nascido. Total falta do que pensar, falta de escrever, falta de ideias e ideais. Tempo sujo, tempo de indecisões... Como ver ou rever o que está absurdamente fora de ordem? Não há solução plausível até o momento. Momento infeliz, momento de remoer mágoas e plantar discórdias. momento em que a posição horizontal seria mais conveniente se em algum lugar do passado não tivesse concordado com certas coisas.