quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Algumas coisas me irritam profundamente...

Nada sério para debater aqui hoje, apenas algumas banalidades cotidianas. Tenho percebido que minha intolerância vem aumentando a cada dia, hoje confirmei minha hipótese devido a uma frase  que postaram num site de relacionamentos e que quando abrimos nossa página vemos também. Não vou citar exatamente o que foi dito, mas era algo do tipo, "se você está fudido por dentro, não pode ver a beleza que existe no mundo externo, que são o amor e a espontaneidade". Nossa, isso me irritou a tal ponto que acho que ou eu estou realmente podre por dentro ou o mundo é podre e não há nada que seja "amor" ou "espontâneo". Vejo apenas a luta pelo poder (geneticamente programada, portanto não é espontânea como se diz e também para mim não retrata nenhum tipo de beleza). Amor? O que é o amor senão a vontade de ter alguém ou algo, ou o instinto de preservação da espécie? Se eu nunca amei? Definitivamente não! Sempre quis ter as pessoas ao meu lado, minha mãe, minha avó e outros que cuidavam de mim e me amavam pois eu sou a continuidade genética deles e deles eu também "amei" pelos cuidado que tiveram comigo, pelos caprichos que me proporcionaram... Enfim, frase mais descabida na minha página!