sábado, 2 de outubro de 2010

Se deus não estivesse MORTO eu teria de MATÁ-LO!

Quem consegue listar aqui dez bons motivos (motivos concretos e verdadeiros, não coisas do tipo: "ele te ama" ou "ele fez as flores, a bunda" etc? Se alguém ainda duvida que quando morremos ainda temos uma "alma penada", espírito, ou qualquer coisa do gênero, garanto que essa pessoa ou é extremamente cega (não quer olhar ao seu redor e enxergar as desgraças do mundo, as doenças, a criminalidade, a animalidade do ser humano) ou é extremamente sadista e masoquista (gosta de sofrer e de ver o sofrimento alheio). 

A disputa, o egoísmo, a inveja, o ódio e outras características humanas que os cristãos consideram "pecado" são na verdade a pura índole desse animal bípede. Características com as quais garante a sobrevivência de sua espécie. Ninguém é bom ou mau, apenas humano. Obviamente existem graus de esclarecimento, uns são mais "animalizados" que outros, mas tudo isso é uma questão de educação e cultura. Não que eu acredite que com apenas educação e cultura os instintos humanos desapareçam, eles apenas adormecem um pouco mais. Existem muitos doutores por aí que perdem a cabeça quando um outro carro encosta no dele. É possível ver tal fato nos noticiários todos os dias. O Esclarecimento não é apenas baseado no estudo ou na educação de uma pessoa. É algo que está além, Talvez genes mutantes, pois a regra é ser animal mesmo.

Mas o ápice do esclarecimento é bastar-se a si mesmo, coisa que poucos conseguem e em nossa sociedade confesso que é um tanto difícil, a não ser que se tenha recursos financeiros para se "bancar". A autosuficiência é a melhor e mais sábia escolha. E muito mais sábia se acompanhada da desesperança de um mundo  além túmulo.